sexta-feira, 1 de junho de 2012

Uma Introdução a Dissertação

Análise de metodologias para auxiliar a inserção de Design Centrado no Usuário ao processo de desenvolvimento de software.

Atualmente, na empresa Ceva Logistics, existe uma demanda muito grande em relação aos softwares, Orion e Checkin, mantidos por sua equipe de desenvolvimento de software.
Em um ambiente de constantes modificações, entregas de novas funcionalidades nos softwares, pela equipe, devem ser realizadas de forma rápida e flexível.
O processo de trabalho da equipe, citada acima, adota algumas características de metodologias clássicas de desenvolvimento de software, que têm foco maior no planejamento e controle do processo. Assim, algumas vezes, o processo se torna burocrático, o que não é pertinente às necessidades da Ceva Logistics.
Para tentar minimizar as burocracias existentes nas metodologias clássicas, em 2001, especialistas em processos de desenvolvimento de software, publicaram o Manifesto Ágil, que estabelece um conjunto de valores e princípios que deveriam ser aplicados aos processos de desenvolvimento de software.
O Manifesto Ágil, cuja filosofia ágil idealiza agregação constante de valor para o cliente, mantém foco na identificação e desenvolvimento das funcionalidades mais importantes para o negócio do cliente.
Levando em consideração este foco principal, o Design Centrado no Usuário (DCU) que é, segundo NORMAN (1988), uma filosofia baseada nas necessidades e interesses do usuário. Assim, o DCU, possui extrema relevância entre as práticas ágeis, pois, nem sempre o que é produzido é utilizado.
Para SAFFER (2010), a filosofia por trás do DCU possui o princípio fundamental de entender profundamente as necessidades do usuário, com o objetivo de construir softwares que atendam essas necessidades.
Se for necessário menor tempo de resposta às alterações requeridas pelo usuário, as metodologias ágeis de desenvolvimento de software junto à prática ágil DCU, são muito indicadas ao processo de desenvolvimento de software da empresa Ceva Logistics.
Por outro lado, dizer que um processo adota umou mais métodos ágeis, não significa apenas que seu desenvolvimento é rápido, mas, principalmente, que possui capacidade de adaptação e flexibilidade a mudanças, e no ambiente de desenvolvimento, o que pode ser um dos maiores problemas do processo da Ceva Logistics.
Portanto, este trabalho se justifica pela necessidade de melhoria de processo de desenvolvimento dos softwares, Orion e Checkin, mantido pela equipe de desenvolvimento de software da empresa Ceva Logistics.
Desta forma, portanto, o objetivo deste trabalho é, analisar quais os métodos, clássicos ou ágeis, capazes de inserir, de forma adaptável e flexível, o DCU ao processo de desenvolvimento de software da equipe de desenvolvimento de software da Ceva Logistics.



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...